APIs MySafe
  • 2 minutos de leitura
  • Tema escuro
    Tema claro
  • Pdf

APIs MySafe

  • Tema escuro
    Tema claro
  • Pdf

Article Summary

Neste documento, você vai encontrar todas as informações sobre o que são, como funcionam e os principais casos de uso das APIs MySafe.

O que são as APIs MySafe?

As APIs MySafe foram desenvolvidas para fornecer acesso e gerenciamento programático de dados corporativos pessoais e de equipe armazenados no MySafe, garantindo a manutenção da integridade e confidencialidade das informações. Operando como uma solução baseada em REST, elas oferecem recursos de integração com aplicações terceiras para realização de consulta, criação, atualização, ativação e inativação de senhas, anotações e segredos de API.

Funcionalidades

As funcionalidades das APIs MySafe incluem:

  • API de senhas: acesse uma ou uma lista de senhas salvas; crie, atualize, ative e inative senhas.

  • API de anotações: acesse uma ou uma lista de anotações salvas; crie, atualize, ative e inative anotações.

  • API de segredos de API: acesse um ou uma lista de segredos de API salvos; crie, atualize, ative e inative segredos de API.

Aplicabilidades

As APIs MySafe funcionam como uma ponte para integração com aplicativos de terceiros, permitindo que os desenvolvedores acessem programaticamente os itens armazenados dentro do MySafe. A principal função dessas APIs é facilitar esse acesso, e garantir todos os benefícios que o MySafe proporciona. São eles:

Proteção contra vazamento de dados

O MySafe desempenha um papel crucial na proteção de senhas, anotações e segredos de API, além de prevenir vazamentos de informações sensíveis. Ao adotar essa solução, as organizações podem fortalecer suas defesas contra ameaças cibernéticas e garantir a confidencialidade de dados críticos.

Colaboração segura em equipe

Além do armazenamento seguro, o MySafe proporciona uma maneira segura de compartilhar dados entre membros da equipe. Isso promove uma colaboração eficiente, mantendo o controle sobre quem tem acesso a informações específicas.

Gestão de acesso a informações privilegiadas

O MySafe oferece recursos avançados para controlar e gerenciar o acesso a informações privilegiadas. Essa funcionalidade garante que apenas usuários autorizados possam acessar dados confidenciais, reforçando as políticas de segurança da organização.

Configuração e uso das APIs MySafe

Para utilizar as APIs de maneira eficaz, é importante compreender os aspectos de autorização e autenticação, bem como as práticas recomendadas para requisições, respostas e possíveis erros.

Autorização

A autorização para as APIs MySafe é feita diretamente no módulo.
Para mais informações, acesse o documento sobre Como adicionar uma autorização de chave de acesso.

Autenticação

A autenticação nas APIs MySafe é feita utilizando o método de autenticação OAuth 2.0. Para iniciar este processo, é necessário fornecer o Client ID e o Client Secret, além de obter o token de autenticação deles a partir do endpoint:

GET /api/oauth2/token

Para mais informações sobre como obter o Client ID e o Client Secret, acesse o documento sobre Como visualizar uma autorização de chave de acesso.

Requisições e respostas

As requisições são feitas usando métodos HTTP como GET, POST e PUT. Os parâmetros incluem identifier, name, username, tags, entre outros.

Por exemplo, para consultar uma senha armazenada no MySafe, faça uma requisição para o endpoint a seguir:

GET /api/mysafe/password/[identifier]

As respostas são retornadas em formato JSON, facilitando a análise e o gerenciamento de dados fornecidos pela API.

Erros

A API retorna códigos de status HTTP padrão e inclui mensagens de erro no corpo da resposta para facilitar a compreensão e a resolução de problemas.
Consulte a documentação de cada API para descrições detalhadas dos códigos de erro.

Para informações mais detalhadas e exemplos, consulte os documentos a seguir:


Este artigo foi útil?

What's Next